Mark Certo:    Faça seu Web Site   |   Hospede seu Web Site   |   Loja Virtual  |   Automação Comercial  |   Assessoria
 
E-Mail:   Senha:  
 
Ainda não sou cadastrado Esqueci a senha
 
Saiba Mais
Apresentação 100% de Lucro
Fã Clube Terceira Idade
Plantas Tóxicas
A Globalização Humana
Longevidade & Precocidade
Porque Envelhecemos
Receitas & Culinárias
Turismo & Lua-de-Mel
Medicina & Conhecimento
Carteiras e Vacinas
Sonhondo Com Animais
Livro Revelador dos Sonhos
Saúde & Exercícios
Jogos & Esportes Diversos
Alimentação Saudável
Miss Mister Terceira Idade
Viagens & Turismo
Astrologia / Horóscopo
Doenças Humana
Dicas de Relacionamento
Você quer Ter Saúde?
Aposentadoria INSS
TaroAstro Místico Milenar
Apostilas Os Chakras
Homenagens a Pessoas
Curso G P Gestão de Pessoas
Excursão Terceira Idade
JEC Junqueirópolis Esporte Clube
Negocios de Sucesso Online
Aprendendo a Tocar Violão
Artigos Cidades & Eventos
Telefones Úteis / Cidades
Academias & Saúde
Revelando Os Seus Sonhos
Bibliotéca Virtual
Direito ao Transporte
Serviços & Recursos
Agenda / Calendário
Galeria de Imagens
Galeria de Vídeos
Cadastro | Sou Fã
Produtos Promocionais
Fórum
Links Úteis
Notícias & Curiosidades
Parceiros
Fale conosco
 
 
 
 
08/12/2013
O Homem X Mulher
Como Pensar Sobre a Intimidade
saiba +
 
 
Porque Envelhecemos | Arte de Viver - Pushing Hands, China 1992
Arte de Viver - Pushing Hands, China 1992  
Ang Lee é o genial diretor desta obra sensível e de outras como: “Comer, beber, viver”, “Banquete de casamento” (indicado a Oscar de filme estrangeiro), “Razão e sensibilidade”, que merecem um tempo para ver e refletir. Ele toca em assuntos familiares delicados, com os quais nos vemos envolvidos, enredados. Neste filme, ele diz das relações entre pai e filho, dos valores do ocidente em contraste com os do oriente, das relações e obrigações familiares. E principalmente, questiona as formas de conquistar uma velhice tranqüila e satisfatória. Mas, nem por isso deixa de denunciar o desajuste que pode ser para cada indivíduo ou família quando se depara com o seu velho na dependência afetiva e financeira. Aborda com transparência e sutileza o tema sobre o velho de cada família e nos deixa com esperança para uma vida melhor do longevo, desde que este novo velho se empenhe na construção deste espaço. Ninguém precisa ficar “paparicando” esse idoso, mas sim crer, que ele ainda tem forças físicas e psicológicas para descobrir qual é o seu caminho e seu espaço de ser na sociedade contemporânea. DOAÇÃO MOROSA

Grupo Terceira Idade CLICK AQUI para Doar a Quantia que Quiser Através da UOL

 
 
Fã Club Grupo Terceira Idade
Onde o Futuro Acontece

© 2018 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px
Projetado e Desenvolvido:
MARKCERTO - Qualidade Interativa