Mark Certo:    Faça seu Web Site   |   Hospede seu Web Site   |   Loja Virtual  |   Automação Comercial  |   Assessoria
 
E-Mail:   Senha:  
 
Ainda não sou cadastrado Esqueci a senha
 
Saiba Mais
Apresentação 100% de Lucro
Fã Clube Terceira Idade
Plantas Tóxicas
A Globalização Humana
Longevidade & Precocidade
Porque Envelhecemos
Receitas & Culinárias
Turismo & Lua-de-Mel
Medicina & Conhecimento
Carteiras e Vacinas
Sonhondo Com Animais
Livro Revelador dos Sonhos
Saúde & Exercícios
Jogos & Esportes Diversos
Alimentação Saudável
Miss Mister Terceira Idade
Viagens & Turismo
Astrologia / Horóscopo
Doenças Humana
Dicas de Relacionamento
Você quer Ter Saúde?
Aposentadoria INSS
TaroAstro Místico Milenar
Apostilas Os Chakras
Homenagens a Pessoas
Curso G P Gestão de Pessoas
Excursão Terceira Idade
JEC Junqueirópolis Esporte Clube
Negocios de Sucesso Online
Aprendendo a Tocar Violão
Artigos Cidades & Eventos
Telefones Úteis / Cidades
Academias & Saúde
Revelando Os Seus Sonhos
Bibliotéca Virtual
Direito ao Transporte
Serviços & Recursos
Agenda / Calendário
Galeria de Imagens
Galeria de Vídeos
Cadastro | Sou Fã
Produtos Promocionais
Fórum
Links Úteis
Notícias & Curiosidades
Parceiros
Fale conosco
 
 
 
 
08/12/2013
O Homem X Mulher
Como Pensar Sobre a Intimidade
saiba +
 
 
Interação • Psicologia e Filosofia
Eu Sou Gita - 03/05/2012 - Atualizado em 07/01/2014 17:00
Sociedade Alternativa
Por: Billy Seixas
Billly Seixas O Discípulo de Raul Seixas
Eu Sou Gita Sobre a Sociedade Alternativa
 

Eu Sou Gita Sobre a Sociedade Alternativa

Ao abrir o Baú de minha história para refletir sobre tudo o que já havia feito em minha trajetória ouvi uma voz suave sussurrando em meus ouvidos:

_ “Não sou a presa, nem o tubarão e nem me prendo a nada. Não sou definido nem estou para se definir como um livro de antemão. Não sou ausência composta de solidão nem menos companhia e aperto de mão”.
Mestre! É você por aqui, mestre? Que bom que veio preciso mesmo de ti meu guru. Ergueu a sua mão direita e com um olhar repreensor continuou dizendo:

_ “Não sou de todos, nem estou em todos, mas, posso ser e estar na solidão daquele que não me conhece. Não Sou a paz, nem a tranquilidade porque estou na inconstância da mocidade”.

Mestre de quem são essas palavras? Continuou dizendo ignorando a minha pergunta:
_ Pedra de ouro de tolo, carne de coração sem dono, corpo de carne que cria máquinas, amor sem paixão. Eu sou o aperto dos sinceros abraços, a beleza dos mais belos sorrisos, Eu sou a força em tom ânimo, a alegria e bom humor sem discrição, o riso sarcasmo do membro da justiça humana. Eu sou o coice regredido da preguiça daquele que gosta de dormir sem sono.

Isso é a manifestação de Gita na Sociedade Alternativa. Preciso saber mais sobre isso mestre. Eis aqui o seu humilde servo. Nesse momento ele levanta as duas mãos e diz:

_ Eu sou o som tridente da música mais alta e o mais doce silêncio do som quântico da música suave de um pequeno violino. Serei o que você fizer de mim dentro de você como quiser. Mas, só poderá fazer isso quando eu quiser. Não me limito por você nem por ninguém. Não sou cruel com a sua vontade nem frio e infiel comigo mesmo! Serei sempre o que vale a pena por você e deixo se matar por si só, aquele que não quer valer viver comigo como Sou.

Mestre de que morte você se refere? Virou-se de costa e simplesmente continuou pregando as suas designadas palavras:
_ “Eu sou o que você nunca vai saber, porque me entender não é uma questão de mórbida inteligência ou de um mórbido poder humano. Eu sou sensível àquele que me senti em seu corpo e que me deixa entrar em contato com o que pode Ser sobre a luz do sol da noite em um novo aeon”.
Enquanto falava essas penúltimas frases, deu meia volta e com sua suave mão posta sobre a minha boca terminou dizendo:

_ “Eu sou e posso ser a morte e qualquer coisa além da vida. Pois, tudo depende de mim porque Eu sou os valores que estão por detrás de quem me vê em minha invisibilidade incognoscível”!
Assim, saindo entre as paredes desapareceu como uma nuvem de fumaça.

Billly Seixas O Discípulo de Raul Seixas

Pai nosso da Mente
Billly Seixas O Discípulo de Raul Seixas

Pai nosso da Mente

Pai nosso que estais na Mente
Justificado é o vosso Poder
Está em mim a vossa Força
Que seja Bom ou Ruim
Eu sou o que és tu, oh Deus!
O Leão na selva e a Fome
O alimento que nutre a Força e Vigor.
O pão nosso de cada dia
Eu sou merecedor; do perdão e da Vida!
O Forte não cai na maldade do fraco...
Pois, a sua Alma, habita o Amor!
Oh! Senhor. Deus único.
Pai nosso da Mente!
Nada és tu, e sim, sou a tua Presença em meu corpo.
Tu és a Espada mantida em meu Ser.
Pai nosso da Mente!
Livra-te sobre mim, da maldição dos que não te conhece!
AMÉM.

 
 
Fã Club Grupo Terceira Idade
Onde o Futuro Acontece

© 2018 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px
Projetado e Desenvolvido:
MARKCERTO - Qualidade Interativa